DSCN6651

O artista bonequeiro e editor cartonero Leandro Silva foi um dos convidados para palestrar na Semana do Bibliotecário promovido pela Faculdade de Comunicação e Biblioteconomia (FABICO)/ UFRGS e parceiros, apresentando a experiência do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo com a criação, difusão cultural e multiplicação da tecnologia social dos livros cartoneros.

O artista dialogou com os acadêmicos um pouco sobre o conceito do cartonero, a história e princípios do Movimento Cartonero e o processo criativo desenvolvido no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo na região do Cristal.

DSCN6649

A experiência do Quilombo do Sopapo com livros cartoneros se deu em março de 2014, com a realização de uma oficina cartonera assessorada pelo escritor Wellington de Melo (Mariposa Cartonera/ Recipe – PE). De lá pra cá, foram 08 títulos criados, várias oficinas abertas de criação de cartoneros, além de trabalhos sobre esta linguagem desenvolvida com acadêmicos, artistas, movimentos sociais e desdobramento em projetos próprios como a publicação cartonera do Coletivo Sopapo de Mulheres, as iniciativas “Guria Cartonera” (Marion Santos) e “Leander Ateliê Editorial”, e o próprio “Sopapo Cartonero” – um mutirão de criação cartonera autogestionário realizado periodicamente no Quilombo do Sopapo.

O Movimento Cartonero surgiu em 2003 com o agravamento da forte crise econômica e social da Argentina, tendo seu início com a editora Eloísa Cartonera, criada a partir de uma parceria entre o jovem escritor Washington Cucurto e o artista plástico Javier Barilaro. Em pouco mais de 10 anos, suas pequenas irmãs crescem por todo o mundo: América Latina, Europa e África, com cerca de 100 experiências ativas em todo o mundo.

hgtv

ftdd

A enorme riqueza de todos estes projetos é a capacidade de produzir o inimitável; a alma de cada uma destas editoras é tão única como cada um dos livros que produzem. A edição cartonera representa bem mais do que apenas livros. É a recusa da histeria tecnológica. A paixão, a energia e a partilha são os valores desta “onda” cartonera. Outro aspecto importante dos projetos cartoneros é o seu potencial de melhoria de renda para os que trabalham na cadeia da editoração e publicação cartonera, bem como o fato de representar uma alternativa ao mercado editorial tradicional, mas com preceitos muito particulares, como a economia solidária, o cooperativismo e o trabalho colaborativo.

19486_935507116515142_3029033660043688622_n

Durante o evento, foi realizado o sorteio de alguns exemplares do cartonero “De Poeta e Louco…”, título coletivo criado no Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo e um exemplar de caderno cartonero criado pela Guria Cartonera.

Todos foram convidados  ainda para participarem de uma oficina aberta de criação cartonera, a realizar-se no dia 12 de abril, dentro da programação da 8ª Semana do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, bem como motivados a desenvolveram pesquisa acadêmicas acerca da experiência cartonera.

Para baixar a apresentação na íntegra, acesse: http://www.4shared.com/office/cXM1Vl9Fba/Apresentao_projetoCartoneros_L.html

#QuilomboDoSopapoSempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s