Feliz Natal e Um Renovado Ano Novo!

“A voz do anjo sussurrou no meu ouvido/ Eu não duvido já escuto os teus sinais…” (Anunciação – Alceu Valença)

Desejamos aos nossos amigos, parceiros e colaboradores um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de energia e coragem para lutar por nossos sonhos com fé!

LEANDRO SILVA Teatro de Bonecos e Projetos Culturais

*No cartão, uma árvore de Natal do sertão nordestino: passarinhos brincam e se alimentam em uma árvore de ciriguela, que produz frutos com sabor de infância.

Fotografia: Manoel Freitas. Conheça o trabalho dele: https://instagram.com/manoelfreitasjornalista

“O que pode um boneco?” Contribuição de Leandro Silva para a Revista Móin-Móin nº 22

cover_issue_750_pt_BRSaiu a Revista Móin-Móin n. 22, com o tema “Censura e transgressão no Teatro de Animação”. Certamente uma edição urgente e que traz na centralidade a dimensão política do Teatro de Bonecos, uma arte sempre posicionada e, por este motivo, historicamente alvo de tentativas de censura e cerceamento. Traz contribuições de Francisco Cornejo, Paulo Flores, Tânia Farias, Jorge Dubatti, Níni Beltrame, Julia Varley e muitos outros pesquisadores e artistas, refletindo a ação transgressora dos Bonecos em diversos períodos históricos e contextos.

Nesta edição, o artista bonequeiro Leandro Silva contribui com um artigo intitulado “O que pode um boneco? O Teatro de Bonecos como uma arte relacional e política”, uma versão ampliada e revisada de um pequeno ensaio feito anteriormente, numa disciplina do PPGAC UFRGS, por ocasião do Mestrado.

Revista Móin-Móin nº 22 está disponível em: http://revistas.udesc.br/index.php/moin/issue/view/750/showToc

 
Móin-Móin Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas é uma publicação semestral do Programa de Pós-Graduação em Teatro do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina, numa ação do Programa de Extensão Formação Profissional no Teatro Catarinense. A revista  tem compromisso com a criação de um corpo temático de pesquisa, promovendo estímulo e suporte teóricos para futuras reflexões sobre o Teatro de Formas Animadas. 

Ótima leitura!

Leandro Silva é um dos colaboradores do Boletim Entretelones (Havana, Cuba): Los Titiriteros Enfrentando A La Pandemia

Pelusin-Entrtelones-300x200

A contribuição do artista é um fragmento de mensagem original, traduzido por Lorena Sanchez e encontra-se disponível na página 9 do Boletim Entretelones. A publicação completa encontra-se disponível AQUI.

“Tal y como sucedió con la entrega previa del Entretelones, que se dedicó a mostrar de qué manera los artistas de la danza combatían los efectos de la pandemia que ha amenazado con paralizar al planeta, este número especial acoge mensajes y testimonios acerca de este conflicto, desde la perspectiva de los artistas del mundo de la figura animada. Colaboraciones de España, México, Estados Unidos de América, y en particular de Brasil, se unen a las voces y los gestos de las cubanas y cubanos que se resisten a imaginar un horizonte sin teatros, como un empeño que dilata lo que UNIMA Cuba ha hecho durante los últimos años, junto a numerosos aliados e instituciones. El títere sabe de calles, de plazas, de espacios insólitos en los cuales, incluso en los momentos más difíciles, no ha dejado de estar presente. Con ese espíritu de guerrilla hablan muchos acá, aprovechando la internet para seguir en diálogo y crecimiento, o apelando a otras fórmulas para no dejar de mantenerse con vida. Poco a poco, se irá restableciendo una idea de eso que ahora llamamos la normalidad. Si los teatros, los viejos coliseos, las salas donde los espectadores iban a ver parte de sus sueños, tardarán en reabrirse, puede que el títere otra vez lleve la delantera. La figura animada será útil nuevamente en esos sitios, y en escuelas, y en lugares de difícil acceso, para ayudarnos a recuperar la fe en esa experiencia compartida que es el teatro. En nuestra portada, está Pelusín del Monte, el títere nacional de Cuba, al que ningún cubrebocas logrará acallar. También estas imágenes nos acompañan en el día difícil, en la lucha contra una epidemia que nos ha puesto sobre aviso. Para que apreciemos mejor al planeta, a las horas de nuestras existencias, a la posibilidad de reencontrarnos en otras ocasiones y abrazos. Para reafirmar la vida como un nuevo acto de fe”. Fonte: http://cubaescena.cult.cu/los-titiriteros-enfrentando-la-pandemia/

Entretelones é uma publicação do Consejo Nacional de las Artes Escénicas (Havana, Cuba).

Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo realiza um Dia Celebrativo On-line pelos seus 12 anos de (re)existência!

Arte_final-Card

Atendendo às recomendações da OMS e das demais autoridades competentes de saúde, o Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo suspendeu todas as suas atividades, ações e projetos no período de 17 de março a 30 de abril e adiou a realização da 12ª Semana do Quilombo do Sopapo – que todos os anos acontece em abril – para setembro de 2020.

Como forma de nos mantermos unidos em torno da celebração dos 12 anos do Quilombo do Sopapo, coerentes e conscientes dos cuidados para evitar a disseminação da pandemia da Covid-19, realizaremos neste dia 16/04 uma celebração on-line, com vasta programação a ser disponibilizada através de nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/quilombo.dosopapo

A programação completa você confere em: http://quilombodosopapo.redelivre.org.br/2020/04/14/dia-celebrativo-on-line-do-quilombo-do-sopapo-12-anos-de-trajetoria-e-lutas-por-uma-cultura-viva-de-base-comunitaria/

#FicaEmCasa e divulgue, acesse, acompanhe e interaja com nossa programação neste dia. Curta, comente, celebre conosco!

Estamos certos que sairemos mais fortes depois dessa travessia!

#QuilomboDoSopapoSempre

A GENTE ACREDITA EM FADAS!

DSCN7582

Somos os viajantes na linha da “chegada-partida” da 3ª edição do Curso Contos de Fadas e suas Origens. É chegar e partir sempre, porque os caminhos e descaminhos do Maravilhoso são imprevisíveis, sedutores, arriscados. Mas sempre irresistíveis!

Faltam algumas pessoas na foto, que não puderam vir ao último dia ou que precisaram sair no horário, já que fizemos a foto no ultimo minuto, da última hora, do último encontro. Elas estão no aconchego do nosso abraço também.

Agradeço de coração a cada uma e cada um de vocês que acolheram mais uma vez o projeto Contos de Fadas e suas Origens. Estamos sempre refazendo os caminhos desta pesquisa e das metodologias de trocas e partilhas. E cada presença, cada olhar, cada fala, cada crítica, contraponto, mesmo alguma desistência são elementos que apontam e afinam o nosso caminhar. Cada pessoa é única, importante e à sua maneira sempre contribui, porque contos de fadas são feitos por pessoas e para pessoas. São feitos para tocar o nosso interior e reverberar pelos trajetos de nosso coração, de nossa alma. Então, que bonito é encontrar gente companheira nesta busca-pesquisa-inquietação!

Como um pesquisador, leitor e contador de contos de fadas, se o curso proporcionar algumas chaves para a busca pessoal de cada uma/ cada um, então nossos propósitos estão plenamente alcançados. Não há pretensões outras a não ser alimentar a busca e a troca. Os contos de fadas são um patrimônio da aventura humana sobre a face da Terra. Não tem que pedir licença para deles se aproximar. Não tem dono da verdade sobre eles. Tudo é um caminho do meio, entre limites e potências de pensamentos. Então, é só chegar!

Aproveito ainda para agradecer a Monarca Produções na pessoa da Lizandra Ayello e do Zé Renato, que na finaleira da resistência do Teatro do Instituto acolheram e mantiveram a porta aberta para o nosso projeto. Esta foto atesta que sejam lá quais foram os motivos para o fechamento do Teatro do Instituto, certamente não inclui falta de presenças, propostas, pessoas e significados. O espaço pulsa, vibra e se inebria de luz e trocas até o final!

Que os contos de fadas conservem sempre viva e atuante nossa Criança Interior.
Os contos de fadas nunca morrem.
E a gente acredita neles!

Forte abraço e até os próximos encontros!

Leandro Silva
Projeto Conto de Fadas e suas Origens
Ministrante e Organizador

* A 3ª edição do Curso Contos de Fadas e suas origens foi realizada no período de 22 a 25 de janeiro de 2018, no Teatro do Instituto (Centro, Porto Alegre, RS).

Leandro Silva no Coletivo Caixa de Pandora Teatro de Lambe Lambe (Poa, RS)

19642410_1419237128158307_6667422263398591396_n

Nasceu em Porto Alegre – RS o Coletivo Caixa de Pandora de Teatro Lambe Lambe, de caixeiros independentes, a partir de uma iniciativa do Anderson Gonçalves (Trupi Di Trapu Teatro de Bonecos). Junto comigo e Alexander Kleine, estamos semeando a experiência na Feira Ecológica da Redenção quinzenalmente, das 09 às 12 horas. Em breve o coletivo será uma experiência ampliada com a participação de outros queridos caixeiros e caixeiras. Sábado passado, tive a oportunidade de encenar minha singela caixa para uma artista que admiro de montão, a Caroline Falero (Grupo Trilho de Teatro). Uma lindeza congraçar com amigos queridos a nossa pequena-grande arte!

Para conhecer mais sobre o Coletivo Caixa de Pandora, acesse nossa fanpage: www.facebook.com/pandoralambelambe

Leandro Silva

Esquete “O Beco-Cidade e a Imagem” encerra III Jornada Sandra Pesavento (Porto Alegre, RS)

19030584_680457532162505_6040105585561028126_n

III Jornada Sandra Pesavento (Teatro do Instituto, Porto Alegre, RS, 2017)

No dia 10 de junho de 2017 aconteceu, no Teatro do Instituto, em Porto Alegre – RS, a III Jornada Sandra Jatahy Pesavento em homenagem à trajetória de pesquisa da intelectual gaúcha e sua interlocução com alguns pesquisadores gaúchos e de outros estados brasileiros.

O evento de dia inteiro, realizado no Teatro do Instituto Histórico e Geográfico do RS (IHGRGS), contou com painéis temáticos, mostra de fotografias, lançamento de site oficial da pesquisadora (www.sandrapesavento.org) e foi encerrado com o esquete de teatro de bonecos “O Beco-Cidade e a Imagem”, livremente inspirado na obra de Sandra Pesavento e elaborado durante uma oficina de confecção de boneco de luvas por Leandro Silva e Marco Marchessano. O espetáculo contou com cenas que misturaram fantoches, jogo com os atores e boneco germinado.

Confira parte da cena:

IMG-20170610-WA0009

Apresentação “O Beco-Cidade e a Imagem”.

Sobre Sandra Jatahy Pesavento (1946-2009):

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Uma das mais importantes historiadoras do Rio Grande do Sul do século XX, Sandra Jatahy Pesavento, foi e ainda é referência para estudantes e pesquisadores do Brasil e do mundo. Da História Econômica, com viés marxista, à História Cultural, sua riquíssima obra versa sobre as charqueadas gaúchas, sobre a Revolução Farroupilha, sobre a burguesia gaúcha, e, também, sobre as questões do urbano, das imagens, das sensibilidades e da relação História – Literatura, estas últimas já sob o enfoque da História Cultural.

A III Jornada Sandra Jatahy Pesavento foi uma realização do Instituto Histórico e Geográfico do RS (IHGRGS) em parceria com a Monarca Produções Artísticas e o Teatro do Instituto.

IMG-20170610-WA0011

Atores Leandro Silva e Marco Marchessano encenam esquete criado com base na obra de Sandra Pesavento.

IMG-20170610-WA0016

Com a médica e professora Nádia Maria Weber Santos, responsável pela organização da III Jornada Sandra Pesavento.

Oficina Iniciação ao Teatro de Animação no Teatro do Instituto, com Leandro Silva

002webflyer-oficina-teatro-de-animacao-leandro-silva-2017
O artista bonequeiro Leandro Silva realiza, em parceria com o Teatro do Instituto e a Monarca Produções a oficina Iniciação ao Teatro de Animação, voltada especialmente para o público em geral, curiosos que desejem conhecer, adentrar e utilizar-se da encantadora linguagem do Teatro de Animação e suas vertentes: bonecos, máscaras, objetos.

O Teatro de Animação é um gênero teatral que se utiliza de atores não-humanos, tais como bonecos, máscaras, objetos, sombras; e também de atores humanos, o próprio ator/manipulador, que poderá utilizar de partes do seu corpo para criar personagens e também empregar os seus recursos como ator dentro da encenação. Este gênero de teatro encontra, nas formas inanimadas e no ator/manipulador, uma gama de possibilidades de expressividade para a encenação. É um teatro que busca representar o ser humano ou ideias abstratas, causando no espectador a ilusão de que há uma vida independente do ator/manipulador na criatura construída.

São objetivos da oficina:

  • Proporcionar aos participantes a possibilidade de experimentar e entender os aspectos do Teatro de Animação enquanto linguagem cênica específica, extremamente rica em imagens e significado;
  • Instrumentalizá-los para que possam dar início a um processo de criação de um trabalho teatral dentro desta linguagem.

Conteúdo Programático

  • Fundamentos do Teatro de Animação: O que é Teatro de Animação, vertentes e tipos no Teatro de Animação, característica do Teatro de Animação
  • Estrutura Dramatúrgica no Teatro de Animação: O títere, o ator e a plateia
  • O Teatro de Animação no Mundo
  • O Teatro de Bonecos Popular do Nordeste e Seus Representantes: Mamulengo, Babau, João Redondo e Cassimiro Coco
  • Elementos de construção e confecção no Teatro de Animação
  • Manipulação de Bonecos e Objetos Partindo do Corpo do Ator para o Corpo do Cbjeto: Transferência de energia do ator para o objeto, a procura do gesto expressivo, a precisão do gesto, o foco – o olhar, o eixo, o peso e densidade, o ponto zero ou de descanso

Serviço

Data: 24/01, 31/01, 07/02, 14/02 de 2017 (terças-feiras).

Horário: 19 às 22 horas

Carga Horária Total: 16 horas

Local: Teatro do Instituto, Rua Riachuelo, nº 1.317, 3º andar, Centro, Porto Alegre – RS.

Vagas: 15 vagas (garanta já a sua!)

Investimento: R$ 100,00 (materiais incluso). Pagamento através de depósito bancário (Caixa Econômica Federal | Agência: 1851 | Operação 003 | Conta Corrente: 1929-6 | Favorecido: Leandro Alves da Silva | CNPJ: 18.191.358/0001-04). Será entregue recibo no primeiro dia de aula.

Inscrição: Através do formulário https://goo.gl/forms/WfYmlYkYuQB2xp8M2. A confirmação da inscrição será feita mediante o pagamento.

Atenção:

– Os organizadores se reservam o direito de cancelar a realização do curso, mediante devolução das inscrições, caso não atinja pelo menos 50% do número das vagas.

– Aos participantes serão oferecidos certificado em formato físico e digital, entregue em até 07 dias após a conclusão do curso e mediante o aproveitamento de 75% da carga horária.

Sobre o ministrante

Leandro Silva é ator, artista bonequeiro (filiado à União Internacional de Marionetistas – UNIMA) e diretor teatral (DRT 12.402). Bacharel em Direito pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Possui aperfeiçoamento profissional na Escuela de Verano 2013 da Unima Espanha, realizado no Tolosa Puppets Internacional Center – TOPIC (Tolosa, Espanha) e Capacitação em Elaboração, Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos (Ministério da Cultura – FGV – SENAC). Atuou e dirigiu vários espetáculos teatrais de sucesso, realizados de forma independente ou com o Grupo Fuzuê Teatro de Animação (Porto Alegre – RS). Coordena e presta consultoria a projetos culturais. Diretor artístico do Núcleo Fuzuê Teatro de Animação/ Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo (Porto Alegre, RS). Mais informações: http://www.leandrosilvabonecos.wordpress.com

Mais Informações:

E-mail: leandrosilva.educ@gmail.com

Telefone/ Whatsapp: 51 98269 4614

Curso Elaboração de Projetos Culturais no Teatro do Instituto, com Leandro Silva

002webflyer-elaboracao-projetos-culturais-leandro-silva-2017

2017 é o ano para você – artista, produtor ou agente cultural – tirar as suas ideias da gaveta e realizar, de forma sustentável, seus projetos culturais! Pensando nisso, o artista e diretor teatral Leandro Silva, em parceria com o Teatro do Instituto e Monarca Produções, apresenta o curso intensivo Elaboração de Projetos Culturais.

Através de referenciais teóricos e práticos, os participantes terão acesso aos conhecimentos necessários para a estruturação de projetos culturais de qualidade, aptos a serem enquadrados em editais e leis de incentivo (fontes públicas e privadas de financiamento cultural). Para tanto, cada um sairá com um projeto cultural básico elaborado ou aprimorado. O curso colocará o participante em contato com os principais mecanismos de captação de recursos para projetos culturais e vai amiúde nas etapas de elaboração de propostas em todas as áreas da cultura.

Com metodologia inovadora, os participantes receberão assessoria personalizada a seus projetos culturais através da Plataforma Moodle e finalizarão com um seminário de projetos para tirarem dúvidas e consolidarem suas propostas.

São objetivos do curso:

  • Compreender conceitos sobre a Política Cultural e a Economia da Cultura no contexto da realidade brasileira.
  • Se tornar um agente cultural apto a elaborar propostas para projetos próprios e de outros.
  • Entender o que são objetivos, justificativa, plano estratégico, cronograma de ação, resultados esperados, plano de divulgação e planilha orçamentária.
  • Compreender o o passo a passo da elaboração de projetos, abordando desde a concepção e escrita, passando pelo planejamento das ações, até a execução financeira e a prestação de contas.

Conteúdo Programático

  • O Campo da Cultura: Conceitos, identidade e diversidade cultural, transversalidade da Cultura
  • Economia da Cultura
  • Linhas de Fomento e Fontes de Financiamento
  • Relação das Áreas e Segmentos Culturais
  • Transformando sua Ideia em um Documento: Elementos do projeto
  • Criando o Conteúdo da Proposta
  • Modelos de Conteúdo de Proposta
  • O Projeto Técnico
  • Seminário de Projetos (Final)

Serviço

Data: 21/01, 28/01, 04/02, 11/02 de 2017 (sábados)

Horário: 14 às 17 horas (03 horas)

Carga Horária Total: 20 horas

Local: Teatro do Instituto, Rua Riachuelo, nº 1.317, 3º andar, Centro, Porto Alegre – RS.

Vagas: 20 vagas (garanta já a sua!)

Investimento: R$ 100,00 (materiais + assessoria a projetos via plataforma Moodle incluso). Pagamento através de depósito bancário (Caixa Econômica Federal | Agência: 1851 | Operação 003 | Conta Corrente: 1929-6 | Favorecido: Leandro Alves da Silva | CNPJ: 18.191.358/0001-04). Será entregue recibo no primeiro dia de aula.

Inscrição: Através do formulário https://goo.gl/forms/2APuOJlZjHP25hre2. A confirmação da inscrição será feita mediante o pagamento.

Atenção:

– O participante deve ter pontualmente acesso a computador com internet para orientação via plataforma Moodle.

– Os organizadores se reservam o direito de cancelar a realização do curso, mediante devolução das inscrições, caso não atinja pelo menos 50% do número das vagas.

– Aos participantes serão oferecidos certificado em formato físico e digital, entregue em até 07 dias após a conclusão do curso e mediante o aproveitamento de 75% da carga horária.

Sobre o ministrante

Leandro Silva é ator, artista bonequeiro (filiado à União Internacional de Marionetistas – UNIMA) e diretor teatral (DRT 12.402). Bacharel em Direito pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Possui aperfeiçoamento profissional na Escuela de Verano 2013 da Unima Espanha, realizado no Tolosa Puppets Internacional Center – TOPIC (Tolosa, Espanha) e Capacitação em Elaboração, Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos (Ministério da Cultura – FGV – SENAC). Atuou e dirigiu vários espetáculos teatrais de sucesso, realizados de forma independente ou com o Grupo Fuzuê Teatro de Animação (Porto Alegre – RS). Coordena e presta consultoria a projetos culturais. Diretor artístico do Núcleo Fuzuê Teatro de Animação/ Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo (Porto Alegre, RS). Mais informações: http://www.leandrosilvabonecos.wordpress.com

Mais Informações:

E-mail: leandrosilva.educ@gmail.com

Telefone/ Whatsapp: 51 98269 4614

A Princesa e o Sapo realiza último dia da temporada na Sala Álvaro Moreyra (Porto Alegre, RS), com novidades!

DSCN7303

Dia 29 de novembro de 2016 (terça-feira) encerramos a temporada do espetáculo “A Princesa e o Sapo” na Sala Álvaro Moreyra (Porto Alegre – RS), através do projeto Teatro Aberto da Coordenação de Artes Cênicas (SMC Poa RS). A temporada é voltada para o público infanto juvenil e agendamentos de escolas e instituições, aos cuidados da Coordenação de Artes Cênicas.

DSCN7302

DSCN7279

A grande novidade desta temporada é o processo de redesenho do espetáculo “A Princesa e o Sapo”, que passa a contar com figurinos assinados por Marion Santos (atores e bonecos) e fotografia de Leandro Artur Anton, colaboradores do Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo.

Esta é a última temporada do espetáculo na cidade. Em dezembro, o “Grimm para os Pequenos” faz as malas e parte para o Nordeste, onde vai compor a programação do 5º Festival Nacional de Teatro – Pontos de Cultura e Grupos Independentes, em Floriano, no Piauí.

As novidades não param por aí: em janeiro, Leandro Silva e Lorena Sanchez começam o processo de criação do novo espetáculo do “Grimm para os Pequenos”, o clássico dos Irmãos Grimm “As Fiandeiras”, com estreia prevista para março de 2017.