O espetáculo performático Na Trilha das Andarilhas estreou em maio de 2021, no Morro Santa Tereza e no Bairro Cristal, na periferia de Porto Alegre, RS. O espetáculo foi concebido no âmbito do projeto “NA TRILHA DAS ANDARILHAS: O Teatro de Bonecos como construção de vínculos de territorialidades, afetos e reflexão sobre o Direito à Cidade”, realizado pela Associação Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo, financiado através do Edital SEDAC/RS – 09/2020 – Produções Culturais, da Lei Aldir Blanc RS.

Performance híbrida surgida durante a pandemia, o espetáculo integra teatro de bonecos gigantes, poesia, música percussiva, composições autorais e tecnologias. 04 gigantes, as Andarilhas, figuras totêmicas femininas, ocupam o espaço público e cantam as lutas, as alegrias e os desafios das nossas comunidades periféricas através da voz de 04 cantantes. Espetáculo circular e lunar (estreou numa Lua Cheia), performado em gira, sem frente nem hierarquia, apto a ocupar a rua e o morro, o pátio e o beco. As Andarilhas são a expressão da Mãe, da Natureza, da Negritude e dxs LGBTQIA+, nos indagando “Você sabe quem sou eu?” enquanto se apresentam, ao mesmo tempo em que denunciam e exigem: “parem de nos matar!”.

O espetáculo se desdobra ainda em outros produtos culturais, gerados através do trabalho criativo e colaborativo de núcleos e coletivos ligados ao Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo: um fotolivro, assinado pelo Coletivo Imagens Faladas, uma websérie, produzida pela Cristalizar Vídeo Produções,um EP com as trilhas do espetáculo produzidas no Estúdio Multimeios do Quilombo do Sopapo e um site georreferenciado com a sistematização de toda a experiência do projeto, criado pela equipe da Rede Livre.Org. O acesso a esses materiais podem ser feitos através do site: http://quilombodosopapo.redelivre.org.br     

Informações Técnicas do Espetáculo:

Duração: 40 minutos

Técnicas: Teatro de Bonecos, Performance, Música Percussiva

Classificação Indicativa: Livre

Ficha Técnica:

Realização: Associação Ponto de Cultura Ponto de Cultura Quilombo do Sopapo

Coordenação Executiva: Leandro Artur Anton e Cristina Rosa

Coordenação Administrativa: Bruno Knob e Iam Kim Hermont

Diretor Teatral: Leandro Silva

Direção Musical: Beatriz Rodrigues

Direção de Design Visual: Silvia Serrano

Bolsistas de Incentivo Cultural: Ariéle Soares, Diane Barros, Frank Lukoki, Júlia dos Santos Luiz, Júlio Rodrigues, Leonardo Santos, Maria Antônia e Willian Fraga

Músicas: “Desapego” (Beatriz Rodrigues), “Mãe Natureza” (Beatriz Rodrigues), “Me Perguntaram” (Beatriz Rodrigues), “Eu Sou Mãe” (Beatriz Rodrigues) e “Diversidade” (Júlia Santos).

Operação de Drone: Alex Garcia

Câmera: Cristina Rosa

Edição: Julio Rodrigues

Parceiros: Cristalizar Vídeo Produções – Coletivo Imagens Faladas – Grupo Fuzuê Teatro de Animação – Guayi – Sintrajufe RS – Rede RS de Pontos de Cultura

Financiamento: Edital SEDAC/RS – 09/2020 – Produções Culturais, da Lei Aldir Blanc

Foto: Leandro Artur Anton/ Coletivo Imagens Faladas.
Foto: Leandro Artur Anton/ Coletivo Imagens Faladas.
Foto: Leandro Artur Anton/ Coletivo Imagens Faladas.
Foto: Leandro Artur Anton/ Coletivo Imagens Faladas.
Foto: Leandro Artur Anton/ Coletivo Imagens Faladas.