Páginas Amarelas: Live com Leandro Silva, Sílvia Serrano, Rafael Braz, Letícia Schwartz e Luciméia Gall König

Vamos para mais uma live de Páginas Amarelas? Desta vez, vamos receber quatro convidados pra lá de especiais que vão contar sobre o processo de construção do espetáculo! Nesta sexta, 05/05, a conversa começa um pouco mais cedo, às 19h20, na página da Trupi di Trapu Teatro de Bonecos no Facebook: https://www.facebook.com/teatrodebonecos

Lembrando que toda a programação, incluindo as sessões do espetáculo no Youtube, conta com Libras e audiodescrição. Te esperamos!

#paratodosverem

Card de divulgação da live com Leandro Silva, Sílvia Serrano, Rafael Braz, Letícia Schwartz e Luciméia Gall König, em 07/05, às 19:20. O card, com fundo amarelo, traz fotos de rosto dos participantes da live em círculos individuais. No canto superior esquerdo, o título “Páginas Amarelas” em letras cursivas, sublinhado por um varal com roupas, desenhado com traços finos. No canto inferior esquerdo, o perfil @teatrodebonecos. No canto inferior direito, os símbolos de audiodescrição e Libras. No rodapé, as logos da Trupi di Trapu e dos patrocinadores. Fim da descrição.

Páginas Amarelas: Live com Leandro Silva, Mari Falcão, Tomas Edson e Sílvia Serrano

Antes de mais uma sessão de Páginas Amarelas no Youtube, vamos conversar aqui no Facebook sobre como foi a realização desse projeto para cada pessoa que participou da construção. Nesta terça-feira, o papo terá mediação do diretor Leandro Silva! Lembrando que toda nossa programação, incluindo o espetáculo, conta com Libras e Audiodescrição. Te esperamos!

#paratodosverem

Card de divulgação da live com Leandro Silva, Mari Falcão, Tomas Edson e Sílvia Serrano, em 04/05, às 19:30. O card, com fundo amarelo, traz fotos de rosto dos participantes da live em círculos individuais. No canto superior esquerdo, o título “Páginas Amarelas” em letras cursivas, sublinhado por um varal com roupas, desenhado com traços finos. No canto inferior esquerdo, o perfil @teatrodebonecos. No canto inferior direito, os símbolos de audiodescrição e Libras. No rodapé, as logos da Trupi di Trapu e dos patrocinadores. Fim da descrição.

Financiamento: projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/2020, no Edital Sedac nº 09/2020 Produções Culturais e Artísticas, da Secretaria da Cultura do RS, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo do Governo Federal.

Live de Estreia: Espetáculo virtual “Páginas Amarelas”

Com grande alegria divulgamos nossa live de estreia do espetáculo *Páginas Amarelas: a vida e obra de Carolina de Jesus*, primeira montagem de teatro de bonecos para adultos da Companhia Trupi di Trapu.


Para abrir a temporada e celebrar esse momento, vamos bater um papo com o elenco, a Glória Andrades, o Alexandre Malta e a Viviane Marmitt; com o Diretor Leandro Silva e com a convidada especial, a Secretária da Cultura do Rio Grande do Sul, Beatriz Araujo.
Além dessas participações, teremos ainda outras surpresas que vamos divulgar ao longo da semana. A mediação fica por conta do Anderson Gonçalves, ator e produtor do projeto.

A live terá tradução em Libras e audiodescrição.

#paratodosverem
O card, com fundo amarelo, é ilustrado por duas fotos coloridas. À esquerda, um círculo com uma foto de rosto de Beatriz Araújo, Secretária da Cultura do RS. À direita, em moldura oval, o elenco e o diretor do espetáculo, todos de máscara, posam na escadaria da Avenida Borges de Medeiros, em Porto Alegre. No canto superior esquerdo, o título “Páginas Amarelas” em letras cursivas, sublinhado por um varal com roupas, desenhado com traços finos. No canto inferior esquerdo, o perfil @teatrodebonecos. No canto inferior direito, os símbolos de audiodescrição e Libras. No rodapé, as logos da Trupi di Trapu e dos patrocinadores. Fim da descrição.

Te inscreve: encurtador.com.br/ghpyY
Facebook Trupi Di Trapu teatro de bonecos
Instagram @Trupi di Trapu
Realização: Trupi di Trapu
Financiamento: projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc nº 14.017/2020, no Edital Sedac nº 09/2020 Produções Culturais e Artísticas, da Secretaria da Cultura do RS, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo do Governo Federal.


#sedac_rs #laldirblanc #leideemergênciacultural #novasfaçanhasnacultura #paginasamarelas #teatrodebonecos #acessibilidade #vemvacina #inclusao #cultura #maiscultura

Trupi de Trapu vai montar seu primeiro espetáculo adulto com Teatro de Bonecos inspirado na vida e obra de Carolina de Jesus

WhatsApp Image 2020-03-03 at 16.32.03

Em reunião no dia 03/03/2020 para decidir a próxima montagem, a Trupi de Trapu Teatro de Bonecos (Porto Alegre, RS) decidiu encabeçar seu primeiro projeto de montagem e encenação de um espetáculo adulto com Teatro de Bonecos. A peça, ainda sem título, será livremente inspirada na vida e obra da escritora Carolina Maria de Jesus.

A montagem de um espetáculo com Teatro de Bonecos para o público adulto era um desejo antigo da Trupi de Trapu, companhia que celebra este ano 12 anos de trabalho continuado com bonecos, contação de histórias e sustentabilidade no cenário artístico do Rio Grande do Sul. A proposta de criar a peça a partir da vida e obra de Carolina de Jesus foi sugerida pela atriz e figurinista Mari Falcão, integrante do elenco de Bandele, uma leitora e entusiasta de Carolina de Jesus. No encontro de hoje, a Trupi de Trapu acolheu e firmou a proposta, com muito entusiasmo.

A peça vai contar ainda com a participação da atriz Glória Andrade no elenco, com orientação e direção de Leandro Silva e também com a presença de Alexandre Malta, Anderson Gonçalves e Viviane Marmitt, que já atuam e produzem Bandele. A previsão de estreia é para o segundo semestre de 2020.

Sobre Carolina Maria de Jesus e proposta de montagem

unnamed

A vida e obra de Carolina de Jesus é um manifesto para a literatura periférica e afro-brasileira

Carolina de Jesus foi uma das primeiras escritoras negras do Brasil e é considerada uma das mais importantes escritoras do país. A autora viveu boa parte de sua vida na favela do Canindé, na zona norte de São Paulo, sustentando a si mesma e seus três filhos como catadora de papéis. Em 1958, tem seu diário publicado sob o nome Quarto de Despejo, com auxílio do jornalista Audálio Dantas. O livro fez um enorme sucesso e chegou a ser traduzido para catorze línguas. Carolina de Jesus era também compositora e poetisa. Sua obra permanece objeto de diversos estudos, tanto no Brasil quanto no exterior.

Trata-se da primeira montagem de teatro de bonecos para adultos da companhia Trupi di Trapu Teatro de Bonecos em 12 anos de carreira. Seguindo a pesquisa e a metodologia já acumulada na peça anterior, BANDELE, a companhia irá apostar em um mergulho na obra e biografia de Carolina de Jesus e trará à cena uma proposta de Teatro de Bonecos contemporâneo, tendo como técnica principal a manipulação direta e à vista do público, mantendo uma relação heterogênea com os bonecos, objetos e elementos cenográficos (atriz/ator à mostra e em interação).

A companhia Trupi de Trapu Teatro de Bonecos trabalha agora na prospecção de apoio para a montagem do trabalho, bem como o convite para outros artistas do cenário artístico para compor a criação nos processos de composição de trilhas, acompanhamento de processo, assessorias e projeto de identidade visual.